quinta-feira, maio 19, 2011

Saga Crepúsculo - Stephenie Meyer

A saga Crepúsculo, a história de uma menina perdida no mundo, tímida e que acaba em uma cidadezinha habitada por seres sobrenaturais, se apaixona por um vampiro e um lobisomem se apaixona por ela, entre os problemas que ela passa nessa nova realidade hora ela parece corajosa hora parece covarde. Sem falar que ela quer ser um vampiro.

Estava evitando falar de Crespúsculo simplesmente porque ou você ama ou você odeia. Sim eu gosto da saga, mas sei que tem seus defeitos.

Um ponto positivo é que virou febre, então mais pessoas comentam sobre ele o que te faz criar uma expectativa em cima do livro (se a expectativa é muito grande você pode se arrepender). Outro é que fala sobre um triângulo amoroso que é diferente de outras histórias que havia lido sobre vampiros, e a forma que ela mistura vários seres em uma comunidade, como uma aldeia que funciona normalmente.

É claro que os pontos negativos são que, ele é muito meloso o que fez com que a personagem seja um pouco tediosa, e eu acho que a autora poderia trabalhar melhor a história em alguns trechos que ficaram monótomos.

Mas de um todo gostei pela criatidade, pelo marketing trabalhado em cima do livro e pela história ter elementos completamente diferentes acontecendo ao mesmo tempo. Além disso, falem o que quiser, mas o livro prende sua atenção, e (repetindo) virou uma febre. E qualquer livro que vire febre e válido, principalmente para criar o costume de ler nas pessoas que não pegavam em nenhum livro.

Recomendo para quem gosta de histórias bem românticas. E como sempre tem uma época que você mesma esta melosa e quer ler esse tipo de história, comendo chocolate (comigo acontece, não sei com vocês), esse livro cairá como uma luva. Mas atenção, o segundo livro é o mais parado e o que acho que é capaz de fazer alguém desistir da saga, mas meu conselho é: nunca desista de um livro.

2 comentários:

Roberto Laaf disse...

Oi, Fernanda,

Recebo convite de dezenas de blogues por semana para ver resenhas, promoções, entrevistas, entre outras tantas coisas acerca do mundo literário, mas é difícil encontrar tempo para acompanhar tudo. E, mesmo sem convite, e sem tempo, cá estou para comentar este post.. Incrível como a saga ainda atrai meu interesse, e não vejo a hora de ver os filmes de Amanhecer.
Interessante você ter evitado falar da saga por conta dos extremos que ela provoca, mas você tem razão, falar de Crepúsculo é como estar mexendo em uma bomba, nunca se sabe o resultado que provocará.
Independentemente do que dizem, seja exaltando ou condenando a obra da Stephenie Meyer, concordo que a saga tenha seu valor, traz uma boa dose de expectativa e prima pelo belo trabalho ao explorar a fragilidade e sensibilidade humanas.

Saudações literárias!
Laaf

Sora Seishin disse...

Oi!!
Eu li os 4 livros da saga antes de saírem os respectivos filmes... E amei a história! Fazia tempo que não lia uma história de amor, tão apaixonante.
Beijos

Postar um comentário