segunda-feira, junho 20, 2011

A rainha do castelo de ar - Stieg Larsson

No segundo livro, Lisbeth encontra seu pai e tenta matá-lo, quase morrendo também. No terceiro livro Lisbeth se depara com um novo desafio, além de se recuperar de seus ferimentos, ela precisa provar sua inocência.

E Mikael entra novamente ao socorro de Lisbeth, como um príncipe jornalista, pedi primeiro para sua irmã ser advogada de defesa da Lisbeth. Depois ele irá investigar todos os inimigos dela, tentando reunir provas de uma conspiração extremamente bem organizada e discreta que passou anos prejudicando Lisbeth e silenciando todos.

Enquanto isso, ele também se envolve com outra mulher, mas dessa vez o caso é um pouco diferente, por incrível que pareça. Porém a vida das pessoas que ele estima ficam em perigo conforme ele vai cavando mais fundo no caso de Lisbeth.

Nesse livro, vence quem for o melhor de estratégia e quem souber jogar com as peças que tem. Esse livro é tenso do começo ao fim, não dá para parar de ler até terminar, as argumentações sobre o caso são emocionante, como se você estivesse em um tribunal realmente. Por fim, Lisbeth consegue sua vingança de uma vez por todas, contra todos que lhe fizeram mal.

E é o fim da trilogia! Assim como dos livros de Stieg Larsson, pois, ele morreu de ataque cardíaco pouco após ter entregue seus livros ao editor. Nos resta apenas admirar a única trilogia fascinante e surpreendente que ele fez. Para quem tiver interesse seus livros viraram filmes, mas saiu apenas o primeiro nos cinemas aqui no Brasil, enquanto em outros países já saiu todos, uma pena.

2 comentários:

Pistoni disse...

Me interessei....acho que mês que vem consigo começar a trilogia!!!!! =)

Rosangela Neres disse...

Estou querendo ler a trilogia. Comecei e depois parei para ler "O ano do dilúvio", da Margaret Atwood. Vou retomar.

Estou adorando seu blog! Voltarei :)

Bjo!

Postar um comentário