sábado, março 17, 2012

A Esperanca (Jogos Vorazes) - Suzanne Collins

Título: A Esperança
Autor: Suzanne Collins 
Editora: Rocco
Tradução: Alexandre D’Elia
Páginas: 424

Eu sei demorei para atualizar o blog, é que estava trabalhando muito, aí fiquei doente, ixi...
Enfim, finalmente a resenha do último livro da série Jogos Vorazes!

Quem ainda não leu o livro 2 (Em Chamas), não leia mais a partir daqui, para não estragar a surpresa.

Bom, esse livro quando eu terminei de ler, tive um tempo para digerir e ver se gostei mesmo do fim ou não. No final, decidi que foi como deveria ser mesmo. Nesse livro a Katniss tem uma decisão para tomar, se rebelar contra o presidente Snow, ou permanecer sem reação. A indecisão é por conta da existência de uma presidenta, do grupo dos rebeldes do Distrito 13, que a Katniss não tem certeza se gosta.

No fim, ela percebe que tem que se rebelar. O engraçado é que o próprio Distrito 13 tem as regras dele, como qualquer sociedade, é bem diferente, mas tem sim um certo controle das pessoas. Todos trabalham e se alimentam de acordo com suas atividades e saúde. É tudo bem programado, e até "tatuam" em seu braço a programação do dia, até teu tempo livre tem hora marcada e horário de tomar banho. Claro, que eles justificam esse controle, por conta de todas as dificuldades que passaram, de viverem no subsolo.

Imaginem, Katniss, uma caçadora, vivendo presa no subsolo. Bom, tem momentos de bastante ação nesse livro, e pouco de romance (achei que o livro que mais teve momentos "românticos" foi o segundo). O triste é a falta de esperança que vai crescendo em alguns personagens, o sofrimento, as perdas etc. Sim, esse livro eu achei mais triste.

E o final, é bom sim. Não é o que eu queria, mas se você realmente pensar nos fatos que fizeram os personagens tomar suas decisões, você entende por que terminou desse jeito. Então eu recomendo muito a série inteira. Não sei se me entendem mas tudo o que aconteceu parece mais próximo da realidade, todas as reações, exceto que nunca que a Katniss iria sobreviver a tanto, praticamente 90% do livro ela esta se recuperando de alguma coisa que aconteceu com ela. Adorei a série, definitivamente é a melhor série de distopia que eu li até agora.